Locus de controle em uma população do nordeste brasileiro

José Ángel Vera Noriega, Francisco José Batista de Albuquerque, Jesús Francisco Laborín Alvarez, Liana Mirela Souza Oliveira, Guadalupe Coronado

Research output: Contribution to journalArticle

Abstract

Estabeleceu-se como objetivo principal desse trabalho realizar comparações inter e intragrupo com relação ao locus de controle em um setor da cultura nordestina (Paraíba) do Brasil e cotejar esses resultados com aqueles auferidos em uma cultura mexicana, mais especificamente do deserto de Sonora. Para tanto, definiu-se como objetivo específico analisar as propriedades psicométricas de um instrumento para avaliar locus de controle. Contou-se com uma amostra de 600 sujeitos divididos por quotas de idade e gênero, formando três grupos de idade (100 mulheres e 100 homens em cada um): 14-22; 23-35 e 36-70 anos. Foram realizadas estatísticas descritivas por cada item, teste T de Student para analisar o poder discriminativo de cada um, análises fatoriais, índices de consistência interna (correlação de Pearson). Utilizou-se a escala de locus de controle de Reyes (1995), validada com dados obtidos na população mexicana, composta de 78 itens, com sete opções de resposta apresentadas na forma tipo Likert pictórico. A análise fatorial indicou a presença de quatro fatores que conformam uma nova escala com 71 itens, que em seu conjunto explicam 36,2% da variância total, apresentando um alpha de 0,93. Os resultados permitem concluir pela validade da escala, cuja utilidade está assegurada para as situações em que foi avaliada.The principal goal of this study was to examine within and between group differences in relation to locus of control in the Northeast of Brazil (Paraiba), and compare these results with those found in Mexico (Sonara desert). For this purpose an analysis of the psychometric properties of an instrument designed to evaluate the locus of control was carried out. The study is based on a sample of 600 subjects, distributed according to age and gender quotas, forming three age groups (each group containing 100 women and 100 men): 14-22; 23-35 and 36-70 years of age. Descriptive statistics for each item, Student t test to analyse the descriptive power of each item, factor analysis, and internal consistency indexes were calculated. Reyes scale (1995) was used; this instrument was validated for the Mexican population, and consists of 78 items with seven optional answers using a Likert pictorial scale. Factor analysis indicated the existence of four factors that accounted for 36.2% of the total variance. Afer the deletion of seven items the scale of the remaining 71 items showed a coefficient alpha of .93. From these results one derives the accuracy of the scale, whose utility is guaranteed in situations to which it has been validated.
Original languageSpanish (Mexico)
Pages (from-to)211-220
Number of pages10
JournalPsicologia: teoria e pesquisa
Volume19
Issue number3
DOIs
StatePublished - Dec 2003

Cite this

Vera Noriega, J. Á., Albuquerque, F. J. B. D., Laborín Alvarez, J. F., Oliveira, L. M. S., & Coronado, G. (2003). Locus de controle em uma população do nordeste brasileiro. Psicologia: teoria e pesquisa, 19(3), 211-220. https://doi.org/10.1590/s0102-37722003000300003